Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não importa se estive, ou não!

A vida é um emaranhado de ações, reações e acontecimentos. Aqui, incluem-se as nossas ideias, pensamentos, divagações e estados de sentir. Ouvir a nossa intuição é primordial!

A vida é um emaranhado de ações, reações e acontecimentos. Aqui, incluem-se as nossas ideias, pensamentos, divagações e estados de sentir. Ouvir a nossa intuição é primordial!

Não importa se estive, ou não!

29
Mar18

Na companhia de quem também nos quer! Agora sim...

Gabriela Lima

Agora sim, de regresso

 

Agora sim, de regresso à realidade, estou no meu café preferido. Virada para os grandes vidros, alcanço a linha do horizonte que assenta sobre o mar como uma faixa vermelha de final de tarde a prever um dia seguinte de sol e puros tons de azul e verde a pintar o céu e o mar.

Olho, deixo-me imbuir em imagens, sons e pensamentos. Aproveito a minha tarde “off”, ligo novamente o portátil, abro um documento de texto e deixo o cursor piscar em vazio durante algum tempo.

Enquanto o cursor pisca, surgem-me mil sensações cruzadas, algumas associadas a imagens, outras a vivências. No conjunto, não vislumbro nada em concreto. Deixo que a seleção se faça aleatoriamente e, incrivelmente, lembro-me das meias aos corações coloridos em fundo cinza escuro que trago calçadas, que em nada combinam com o resto da indumentária e que se deixam ver, sentada, com as calças meio subidas. Penso em tapá-las, mas ocorre-me uma gargalhada interior e deixo-as ficar assim, em modo de palhaça que possa alegrar o dia de mais alguém que a elas ache piada!

Recordo todas as minhas amizades, desde a infância até ao momento e tento não me esquecer de ninguém, sabendo que será inevitável. Recordo as que ficaram sempre dentro de mim gravadas como alguém especial, independentemente de ter ainda ou não ligação. As menos positivas, recordo-as na tentativa de explicar o erro, se meu ou da outra pessoa, ou de ambos ou ambas. Recordo para observar se mudei orientações para melhor, ou para pior ou se em nada mudei. Sei que mudei muitas tendências para melhor… outras, continuo sem compreender muito bem como fazer, e outras… fico convicta de que a base situacional não se deveu a mim, sendo que continuo com uma perceção da outra pessoa como sendo uma pessoa “não para mim”. E, depois, existem aquelas que me magoam e parecem continuar a querer manter a amizade não querendo, e eu não sei como proceder. Ora me apetece extingui-las da lista dos amigos de coração e transferi-las para a lista dos amigos por conveniência ou deitar efetivamente ao lixo. Ao lixo… não me soa correta esta opção, não a sinto como desejada. Fico assim… à espera que o mar me responda! Deleito-me a olhá-lo novamente. E o cursor permanece “piscando”!

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D